Projeto Re-costura

Um final [muito] feliz para uniformes industriais

O problema

Uniformes industriais identificam pessoas como pertencentes a uma determinada empresa, dão acesso a lugares restritos a funcionários e, por essa razão, não podem simplesmente ser aproveitados por outras pessoas ou descartados de qualquer modo. Eles acabam acumulados e geram um problema de resíduo internamente.

uniformes industriais

A Solução

Para atender a Lei Federal de Resíduos Sólidos (LEI Nº 12.305) que reconhece os resíduos sólidos reutilizáveis e recicláveis como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania, nos unimos com a Gabriela Mazepa do Re-Roupa para pensar soluções criativas e úteis para reaproveitar uniformes industriais doados e gerar renda para dois grupos produtivos artesanais de Niterói, Mulheres Arteiras e Mulheres que Acontecem.

O Re-Costura

As artesãs e a Gabi se reuniram de Janeiro a Março de 2017 para transformar pilhas de uniformes usados em peças lindas e cheias de Design que serão oferecidas para empresas como opção de presentes para ocasiões especiais e solução para seus resíduos.

Equipe recostura

Foram meses de trabalho para transformar algo que era considerado lixo em produtos úteis e comerciais. O mix de produtos do Re-Costura contém 17 produtos divididos em sete linhas.

Linha Vira

 

Linha Necessaire

 

 

Linha Chaveiro

Linha Eletrônicos

 

Linha Bag

 

Linha Lazer

Lucia Costureira Fuxicarte

 

Linha Cozinha

Costureira Fuxicarte Fuxicarte

 

O Re-Costura é uma parceria da Rede Asta, Re-roupa e as artesãs da Mulheres Arteiras e Mulheres que Acontecem com apoio do Instituto Renner e ONU Mulheres. Essas peças podem ser encomendadas para clientes corporativos através do contato: empresas@redeasta.com.br e outros projetos personalizados de reaproveitamento de resíduos podem ser montados para atender as necessidades da sua empresa.